top of page
  • sitetecnoshowcomig

Instituições de pesquisa, ciência e tecnologia marcam presença na Tecnoshow Comigo 2023

Universidades, institutos e agências de pesquisa estão entre os expositores, levando experimentos,

novidades e produtos que inovam no campo, além de conhecimento aos visitantes da feira




Cumprindo um importante papel em realizar pesquisas voltadas ao desenvolvimento do campo e em transferir essa tecnologia ao produtor, universidades, institutos e agências de pesquisa estão entre os expositores da Tecnoshow Comigo, realizada no Centro Tecnológico COMIGO, em Rio Verde, de 27 a 31 de março. A participação atende a um dos requisitos idealizados pela Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (COMIGO), ao criar a feira, ainda em 2002, que é o de difundir tecnologias e levar conhecimento aos participantes.


"Nesses 20 anos de realização da nossa feira, a pesquisa tem sido bastante relevante. Muitas situações ocorreram, como ferrugem e veranicos, e a pesquisa sempre esteve presente e foi bom ter a Tecnoshow Comigo para tirar dúvidas do produtor. Durante a safra, a gente pode sanar as dúvidas através de alguns trabalhos e por meio de palestras. Já na feira, ampliamos esse conhecimento a todos", ressalta o coordenador de Pesquisa do Centro Tecnológico COMIGO, Eduardo Hara.


Durante os cinco dias de evento, haverá programação e atividades de instituições como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade de Rio Verde (UniRV), o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) e a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), entre outras. Para o reitor do IF Goiano, Elias de Pádua Monteiro, a Tecnoshow tem sido há anos um grande parceiro para a divulgação científica dos estudos realizados na instituição, além de promover o intercâmbio entre estudantes, pesquisadores e o setor produtivo. “É também um espaço para prestar contas à sociedade sobre o papel do Instituto na formação de cidadãos que atuarão no mundo do trabalho junto às comunidades, fortalecendo a economia regional e os arranjos produtivos locais”, destaca.


O presidente da Emater, Pedro Leonardo Rezende, ressalta que a Agência está presente na Tecnoshow desde a primeira edição, há 20 anos. “A Emater é testemunha da importância da feira para a difusão do conhecimento no Estado de Goiás e em todo o Brasil. Para a agência goiana, é uma oportunidade ímpar de contato direto com os produtores, mostrando e disponibilizando toda a tecnologia que temos desenvolvido, ao longo de todos esses anos, por meio do trabalho de pesquisa de nossos servidores. Estando presente na Tecnoshow, a Emater cumpre sua missão de contribuir para o desenvolvimento rural sustentável por meio da inovação, proporcionando inclusão produtiva e os consequentes aumentos de renda e da qualidade de vida no campo”, complementa.



O reitor da UniRV, Alberto Barella Neto, acredita que uma das principais contribuições da Tecnoshow Comigo é com relação ao aumento da visibilidade e divulgação da Instituição. “A participação tem relevante importância para mostrar ao público qual é o papel da Universidade na formação de recursos humanos e geração de conhecimento por meio de pesquisas científicas que são demonstradas em plots e transmissão deste conhecimento e informações por meio de palestras”, adiciona.



Plots e demonstrações


Quando o assunto é pesquisa científica, tecnologia e inovação, o produtor rural, visitante da Tecnoshow Comigo, tem ao seu dispor uma gama de conhecimento disponível para aplicação em sua propriedade, desde produtos, maquinários ou insumos oferecidos por expositores, até as orientações de manejo e boas práticas disponibilizadas nas palestras e dinâmicas programadas para os cinco dias de evento. E, em 20 anos de realização da Tecnoshow Comigo, essa tecnologia tem evoluído, buscando aprimorar a produção e crescer a produtividade dentro da porteira. De quando a feira começou a ser realizada, em 2002, até a atual edição, o campo passou por diversas transformações, viu surgirem a agricultura e a pecuária de precisão, a ascensão de drones e robôs para o uso agrícola, o aprimoramento da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), os bioinsumos entre outras tecnologias, todas com destaque na feira, sobretudo nas demonstrações de plots agrícolas.


“Em relação aos plots agrícolas, realmente são um ponto importante na feira, porque muitos deles já vêm trazendo novos materiais, novos híbridos de milho e sorgo, novas cultivares de soja que serão plantadas na próxima safra”, explica Eduardo Hara, coordenador do CTC. “A Tecnoshow é um momento importante para aprender o que será plantado, conhecer também os novos produtos, novos defensivos, que vão estar disponíveis para uso, a melhor maneira de utilizar, os maquinários novos, as novas tecnologias embarcadas, então é fundamental esses plots para poder divulgar o que existe de mais novo na agricultura”, complementa.





Além dos plots da COMIGO, preparados no CTC, a Tecnoshow também será espaço para demonstrações de instituições e empresas que trabalham com pesquisa voltada ao setor agropecuário. A Vitrine de Tecnologias da Embrapa, por exemplo, vai levar aos participantes o lançamento de uma cultivar de soja (BRS MG534) e demonstrações de diferentes soluções tecnológicas para os sistemas produtivos. São apresentadas, ainda, cultivares de Feijão BRS FC415, desenvolvido em Goiás, bioinsumos no milho e na braquiária, amendoim forrageiro, grão de bico, soja e trigo para o Cerrado. Já a Emater realizará atendimento técnico e exposição de resultados de pesquisas. Entre os destaques, a apresentação do pequi sem espinhos, capiaçu, sementes de milho, arroz e mandioca.



O IF Goiano estará na Tecnoshow com estande, laboratórios itinerantes, startups e diversas palestras. Os Centros de Excelência em Agricultura Exponencial (Ceagre) e em Bioinsumos (Cebio) também terão participações no evento. Haverá palestra sobre o contexto de criação do Cebio, bem como as utilidades que os bioinsumos entregam em lavouras de soja, a prática dos biológicos on farm e aprimoramentos desse manejo. Na ocasião, também serão apresentados resultados do manejo com insumos biológicos em lavouras de soja no Leste goiano.





 

Sobre a Tecnoshow Comigo

Com a proposta de auxiliar o produtor rural, a COMIGO iniciou, em 2002, o trabalho de geração e difusão de tecnologias agropecuárias, em Rio Verde, numa área que hoje ultrapassa 170 hectares (área total do CTC). Neste local, a cooperativa promove experiências tecnológicas o ano todo, em parceria com diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas, e realiza a Tecnoshow. A diversidade é uma marca registrada do evento. São máquinas e equipamentos agropecuários, plots agrícolas, animais das mais variadas espécies, palestras técnicas e econômicas, ações socioambientais e dinâmicas de pecuária, entre outros produtos e serviços. Trata-se de uma extensa vitrine de tecnologias para o homem do campo, seja pequeno, médio ou grande produtor.


FICHA TÉCNICA

TECNOSHOW COMIGO 2023 – 20 anos

Data: 27 a 31 de março de 2023 (segunda a sexta-feira)

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Rodovia GO 174 S/N área rural de Rio Verde)

Horário: 8 às 18 horas

Entrada gratuita

Site: www.tecnoshowcomigo.com.br

Instagram: @tecnoshowcomigo

Facebook: @tecnoshowcomigo


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação da COMIGO

Weuller Freitas – (64) 3611-1522 / 99627-9897

Pedro Cabral – (64) 3611-1335 / 99264-3739

Samir Machado – (64) 3611-1647 / 99941-2288


Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO

Ana Manuela Arantes – (62) 98142-6323 – anamanuela@voltzcomunicacao.com.br

Fernando Dantas – (62) 99227-2631 – fernando@voltzcomunicacao.com.br

Renan Rigo – (62) 98522-6645 – renan@voltzcomunicacao.com.br


61 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page