Foto
26 jun

Com clima favorável, safra do maracujá no DF deve crescer 20%

Além da escassez de chuva, técnicas de plantio e polinização garantem melhor produtividade. Uma safra de sucesso pode ser explicada pela soma de vários fatores. É o caso da cultura do maracujá no Distrito Federal. O clima ideal, aliado às técnicas específicas de cultivo fizeram com que a produção aumente 20% neste ano. “Como as chuvas estão com intensidade menor, a folhagem do maracujá está com menos doença. Isso é bastante benéfico para o produtor”, disse Geraldo Magela, técnico da Emater-DF. Além do clima, técnicas como a proximidade maior de pés no plantio,

VER NOTÍCIA
Foto
19 jun

Frete da soja esteve até 27% mais barato que há um ano, diz consultoria

Tabelamento do frete, comercialização mais lenta do grão e queda do preço do diesel justificam a baixa no valor do serviço Normalmente em épocas de colheita da soja o preço do frete dispara no país, influenciado justamente pela demanda aquecida por transporte. Entretanto, na última safra, os valores praticados foram até 27% menores na comparação com a mesma época do ano passado, segundo levantamento da consultoria Safras&Mercado. A nova tabela do frete e a queda no preço do diesel são algumas das razões apontadas. Praticamente todas as rotas pesquisadas pela consultoria

VER NOTÍCIA
Foto
12 jun

Terra Santa vê lucro 475% maior em 2018, com impulso do algodão

Conforme balanço divulgado na noite de quinta-feira, a empresa, cujo foco está na produção de soja, milho e algodão, registrou Ebitda ajustado de 25,9 milhões de reais entre outubro e dezembro A produtora de commodities agrícolas Terra Santa Agro reportou lucro líquido de 10,8 milhões de reais no quarto trimestre de 2018, queda de 60 por cento na comparação anual, mas viu o ganho no fechado do ano saltar 475 por cento, a 42,2 milhões de reais, com impulso da cultura de algodão. Conforme balanço divulgado na noite de quinta-feira, a empresa, cujo foco está na produção de soja,

VER NOTÍCIA
Foto
10 jun

ECONOMIA: PIB brasileiro cresceu 0,3% de dezembro para janeiro, mostra FGV

De acordo com o Monitor do PIB, da FGV, o Produto Interno Bruto cresceu 0,3% de dezembro de 2018 para janeiro deste ano. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, começou o ano em alta, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). De acordo com o Monitor do PIB, da FGV, o Produto Interno Bruto cresceu 0,3% de dezembro de 2018 para janeiro deste ano. Comparação - Na comparação com janeiro de 2018, a alta chegou a 1,1%. Também houve crescimentos de 0,2% no trimestre encerrado em janeiro, na comparação com o trimestre encerrado em

VER NOTÍCIA