• sitetecnoshowcomig

EcoPower Rio Verde terá condições de pagamento especiais durante Tecnoshow


Taxa de juros será quase zero, empresa é referência nacional no setor de energia solar. Goiás é o 7º em potência instalada. Nova legislação tem levado a corrida para geração de própria energia


Com o valor das contas de energia lá nas alturas uma ótima opção para o consumidor tem sido os sistemas de energia solar. A procura por produtos e serviços tem aumentado significativamente nos último anos, só em 2021 o aumento foi de cerca de 60%, comparado a 2020, segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Alguns dos motivos para essa corrida são a percepção de vantagens frente ao modelo tradicional de fornecimento de energia e ainda a aproximação de mudanças nas tarifas no próximo ano.


No Brasil, em 2021 um número recorde de novos projetos solares foram registrados na ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), a capacidade solar instalada no país atingiu 18 GW, enquanto em setembro de 2020, a carteira de projetos renováveis ​​registrados em desenvolvimento era de 8,7 GW.


O estado de Goiás é o 7º no país em potência instalada. A classe que mais utiliza o sistema é o residencial (71,86%), seguidos pelo comércio (17,99%) e o rural (8,4%). Em Rio Verde os irmãos e empresários André Santos e Fábio Santos, tem visto como o setor está aquecido. Eles possuem uma unidade da franquia EcoPower energia solar e tem entregado trabalhos em várias partes do estado. “Fizemos um trabalho interessante em Caiapônia, na fazenda Santa Maria. Além disso também temos planta em Piranhas. Para todo o lado o setor está aquecido. Durante a feira vamos ter taxas de juro especiais mesmo, quase zero por uma financeira, é uma oportunidade única”, destacou André Faria.


O agronegócio é um dos setores que mais tem utilizado a tecnologia para ajudá-los a cultivar e processar alimentos de forma mais lucrativa e sustentável. Os painéis solares são aliados naturais da tecnologia na revolução agrícola sustentável. A expectativa é de que a agricultura seja um dos principais impulsionadores da energia solar em 2022. Este ano a EcoPower estará com um estande na Tecnoshow, com ofertas e condições de pagamento. O embaixador da marca, Cuiabano Lima também estará no evento.


Redução dos custos e isenção de taxas

Dados mostram uma redução de até 95% na conta de luz, a economia proporcionada por essa tecnologia é suficiente não só para pagar sua aquisição e instalação, mas também para gerar rentabilidade por muito tempo, já que a vida útil é de mais de 20 anos. Com a economia na fatura, o valor pago pelo sistema é compensado entre três e cinco anos após a instalação e a rentabilidade é gerada por mais de 15 anos.


Outro fator que fez aquecer o setor foi uma publicação do Governo Federal que sancionou em 7 de janeiro deste ano, a lei do Marco Legal da Geração Distribuída que fixa uma série de regras sobre a geração própria de energia, principalmente sobre subsídios. Hoje, os consumidores que geram energia solar não pagam a Tarifa do fio B (TUSD), apenas um valor fixo de acordo com a potência instalada, independentemente da quantidade de energia que geram e consomem. Quem já possui sistema solar ou quem instalar em até um ano depois da sanção da lei, ou seja, até 7 de janeiro de 2023 continuará tendo o benefício. Quem entrar depois terá um regime de transição.


“Definitivamente esse é um ano em que, aquele que pensa em colocar energia solar, não deve esperar para depois. É o ultimo não tendo tarifas extras, apenas redução nas contas de energia mesmo. Nos visite no Pavilhão 2, durante a Tecnoshow, de 4 a 8 de abril”, afirmou Fábio Faria.


Contatos imprensa

Wenya Alecrim 64 / 981526063

204 visualizações0 comentário