• sitetecnoshowcomig

Leonardo Feitosa demonstra na prática como funciona a doma racional em equinos


Encerrando as dinâmicas de pecuária desta quarta-feira (6), o médico veterinário Leonardo Feitosa deu uma aula prática no redondel sobre a doma racional em equinos montando em um potro, uma espécie de cavalo novo que ainda não foi domado.


Com problema na região lombar, Leonardo apenas conduziu a doma decifrando os passos que o domador que estava no redondel deveria seguir. Foi a primeira montada da vida do potro de apenas dois anos. “É importante que inicie o processo de doma logo cedo”, contou ele.


O veterinário explicou o conceito de toma racional. “A doma racional é uma técnica e filosofia de não violência, paciência, comunicação, relacionamento e amor pelo que faz. Se eu amo o cavalo, eu o trato como eu gostaria de ser tratado.”


No redondel, o domador iniciou o processo tocando em uma região hipersensível do cavalo que começou a empinar e relinchou, logo depois ele tocou no mesmo local e ele não reagiu. "Os felinos rasgam aquela parte da pele pois é uma região vulnerável. A gente tem uma atitude predatória, mas sem atacar e o cavalo percebe que a gente não quer o mal dele. Primeiro item do código de ética dos cavalos é confiança, lealdade", disse Leonardo.


O domador demonstrou o posicionamento certo, onde ele se protege das manotadas e dos coices, além da forma correta de montar ao cavalo. "A primeira montada é sempre deitado em cima do cavalo pois é assim que os predadores atacam e ali é o momento para o cavalo reagir. Também é a melhor posição para descer do cavalo", explicou.


Com o pequeno cavalo não entendendo os comandos de direção do domador, Leonardo adentrou dentro do redondel e o potro entendeu o comando de andar em círculos. "A presença de duas pessoas no redondel facilita o entendimento do cavalo".


A sessão de doma foi finalizada com o cavalo demonstrando sinais de relaxamento. "O cavalo lambendo, mastigando, e com a cabeça e ele está com linguagem corporal de tranquilidade. Nosso compromisso é ter responsabilidade com ele para que ele faça o que eu quero.”, finalizou.


Sobre a TECNOSHOW COMIGO


Há 19 anos nasceu o conceito da feira de tecnologia rural, que logo passou a ser um referencial em todo o Centro-Oeste. A cada edição, a feira, hoje denominada TECNOSHOW COMIGO, não só apresenta experiências tecnológicas realizadas por diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas que auxiliam o produtor rural, mas reúne expositores de grandes segmentos do setor agropecuário, em uma área montada em 65 hectares com completa infraestrutura. Mais informações em www.tecnoshowcomigo.com.br.


DADOS DA FEIRA EM 2019 (última edição)

Expositores: 580

Comercialização: R$ 3,4 bilhões

Público: 118 mil visitantes

Distribuição de mudas nativas: 18 mil mudas

Público de palestras / dinâmicas: 5 mil pessoas

Dinâmica de Pecuária: 1.800 participantes

Palestras e dinâmicas: 150

Exposição de Animais: 1.000 animais

Máquinas e equipamentos: 3 mil

Geração de empregos: 8 mil

Pesquisadores e Técnicos: 200

Plots agrícolas: 40 mil metros quadrados

Área da Feira: 60 hectares

Estacionamento: 43 mil veículos e 360 ônibus

Material reciclado pós-feira: 35 mil quilos


FICHA TÉCNICA

19ª Tecnoshow COMIGO 2022

Data: 4 a 8 de abril de 2022

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde - (GO), Rod. GO-174, km 252, Zona Rural

Horário: 8 às 18 horas

Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Plots Agrícolas, Exposição de

Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais, Veículos e Dinâmicas de Pecuária

Site: www.tecnoshowcomigo.com.br | Facebook e Instagram: @tecnoshowcomigo


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA


Assessoria de Comunicação da COMIGO

Wêuller Freitas – (64) 3611-1522 / 99627-9897

Bruno Kamogawa – (64) 3611-1690 / 99282-2213 / 99615-9134

Samir Machado – (64) 3611-1647 / 99941-2288

Pedro Cabral - (64) 3611-1335 / 99264-3739


Ares Comunicação

Fabiana Barcelos - (34) 98855-7881

Camila Bairros - (61) 98156-8601

João Paulo Nunes Fernandes - (61) 98568-0739

49 visualizações0 comentário