top of page
  • sitetecnoshowcomig

Instituições financeiras oferecem condições especiais aos visitantes da Tecnoshow COMIGO e esperam quase R$4 bilhões em propostas

Atualizado: 9 de abr.

Seis bancos públicos e privados levam taxas e linhas de crédito ao evento, que segue até sexta-feira, 12, em Rio Verde (GO)  

 


Visando fomentar o fechamento de negócios durante a 21ª edição da Tecnoshow COMIGO, feira que ocorre até sexta-feira, dia 12, em Rio Verde (GO), instituições financeiras, públicas e privadas prepararam condições especiais de crédito para os visitantes do evento.  

  

Ao todo, seis bancos participam com estande próprio, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Sicredi e Sicoob Credi-Rural, em que os agricultores e pecuaristas podem conferir as linhas de crédito disponíveis, com taxas exclusivas para a compra de insumos, automóveis e maquinários durante a feira. “É de extrema importância contar com a presença das principais instituições financeiras do país no nosso evento, pois reforça a importância da Tecnoshow como feira de negócios, onde, além de conhecer as novidades do campo, os visitantes podem efetivamente adquirir a tecnologia com melhores preços e condições”, afirma o presidente do Conselho de Administração, Antônio Chavaglia.  

  

O Banco do Brasil estima acolher R$ 1,6 bilhão em propostas durante a Tecnoshow. Um dos destaques da instituição será a Plataforma Broto (plataforma digital agro do Banco do Brasil), destacando as vantagens e comodidades oferecidas tanto aos produtores rurais quanto às empresas participantes, com o objetivo de impulsionar transações comerciais. Além disso, eles também apoiam o Pavilhão da Agricultura Familiar, um espaço para pequenos produtores rurais da região exporem e comercializarem seus produtos.   

  

Para o Bradesco, a feira é uma oportunidade para capturar as intenções de compra dos clientes e levar as propostas das empresas expositoras para uma aprovação de crédito. Nesse contexto, o banco tem como expectativa de intenções de negócios em torno de 1 bilhão de reais, que serão trabalhados ao longo dos próximos meses e, até o final do ano, espera converter até 40% das propostas de aquisições oriundas da Tecnoshow.  


A Caixa Econômica espera realizar, ao longo do evento, no mínimo 500 cadastros. Na feira, o banco oferece taxas especiais aos clientes, a partir de 3% ao ano para a agricultura familiar e 6% ao ano, também para o segmento, mas direcionado à correção de solo. Por meio do PRONAMP (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) estão oferecendo taxa de custeio a partir de 8% ao ano.   


Já o Santander, traz para a feira o consórcio com desconto de 20% na taxa de administração para todo o período do contrato, assim como o Seguro para Máquinas e Equipamentos, com 20% de desconto no pagamento à vista para apólices fechadas durante o evento. A instituição espera um total de cerca de R$ 500 milhões em volumes negociados na feira.  

  

No caso do Sicoob Credi-Rural, a expectativa é comercializar aproximadamente R$ 200 milhões entre produtos de serviço e operações de crédito. O banco oferece aos visitantes da feira um financiamento de máquinas, equipamentos, veículos pesados com taxas a partir de 0,21% mais CDI ao mês ou 2,5% ao ano mais CDI, com prazo de até 60 meses e com recurso próprio da cooperativa.   

  

O Sicredi espera acolher, durante os cinco dias da feira, no mínimo 80 milhões de reais em negócios. Em seu estande os visitantes conferem as linhas de CPR, uma taxa de recurso da cooperativa. Além disso, o Sicredi também traz linhas de FCO, abaixo de R$ 500 mil, para ter uma maior agilidade e recursos de BNDES, os quais aguardam a abertura dos protocolos.   

 

 

161 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page