top of page
  • sitetecnoshowcomig

Camila Telles lota auditório para falar sobre sobre a necessidade de atrair jovens para agronegócio

Ela viaja o Brasil fazendo palestras e conversando com variados públicos para desmistificar estereótipos e mostrar o quão importante é o trabalho do produtor rural






Fazer com que os jovens se identifiquem com o campo e tenham cada vez mais simpatia pelo agronegócio é uma das metas da influenciadora digital Camila Telles. Ela viaja o Brasil fazendo palestras e conversando com variados públicos para desmistificar estereótipos e mostrar o quão importante é o trabalho do produtor rural.


Ela foi uma das palestrantes da 20ª Tecnoshow Comigo e lotou o auditório 1 na tarde desta sexta-feira, 31 de março. Em conversa com os participantes, ela reforçou a ideia de que é preciso ampliar a divulgação do setor. “Os jovens acabam vendo, às vezes, de maneira muito fechada as possibilidades dentro do setor, sendo que dá pra ampliar. Muitas profissões podem trabalhar dentro do nosso agro e a gente tem que incentivar para que isso aconteça cada vez mais.”


Camila Telles entende que os jovens têm a melhor ferramenta de proteção na mão, que é o celular. “Temos uma enxurrada de informações, muitas vezes errada nas redes sociais. Nós jovens temos o papel de mostrar o nosso dia-a-dia e a nossa realidade.” Ela explica que este é um meio para que outras pessoas conheçam a realidade do agro a partir da afinidade de uma amizade, por exemplo.


Pra ela, o papel do jovem que está inserido no agronegócio é pensar no que o seu negócio vai atuar e que tipo de impacto pretende causar no mundo e se preocupar com a imagem do setor também. “Ficamos muito tempo em silêncio e nosso papel é fazer com que a imagem do agro seja mais atrativa para os jovens que estão crescendo vendo YouTube, assistindo comentários infelizes de pessoas com influência contra o agro e a gente tem que trazer os jovens para o nosso lado.”


Camila Telles percebe que a comunicação está muito mais simples nos dias de hoje e que os jovens precisam se aproveitar disso. “A gente consegue gerar um conteúdo muito mais simples e ao mesmo tempo as pessoas conseguem se aproximar mais.” Ela comenta que existem bons produtores de conteúdo no agro produzidos por homens e mulheres, mas geralmente são técnicos, direcionados para profissionais da área.”









“O meu objetivo, um tanto quanto solitário ainda, é atingir outros públicos, é falar com pessoal da cidade e abraçar conteúdos polêmicos, que ninguém quer falar. A gente tá vivendo uma onda de cancelamento na internet e auto aprovação o tempo inteiro, então não é todo mundo que se sente confortável em se expor na internet. Não é confortável, porque internet é bem complexo, eu apanho, mas acredito que eu bato também.”


Além de falar sobre jovens, na palestra realizada durante a Tecnoshow, ela disse que achou interessante ampliar o tema porque o cooperativismo é extremamente importante, tanto no âmbito dos jovens quanto das mulheres. “A palestra inicialmente planejada tinha o tema “Jovens, o futuro do agro”. Mas ela decidiu ampliar para atender mais pessoas que estivessem na feira.


Ela lembrou que sempre teve boa aceitação na internet e pretende servir como exemplo, especialmente para meninas. “Quando eu comecei a viralizar na internet para defender o agro eu me tornei a defensora do agro. Uma mulher nova, que em 2019 tinha 26 anos, era uma menina que estava lá dando a cara a tapa pelo agro, coisa que muita gente esperava e poucas pessoas faziam. Talvez nenhum, pelo menos na rede social. Eu comecei a ter um respeito muito grande de homens, mulheres, jovens, de diferentes gerações. Então eu quero servir de exemplo para que novas jovens mulheres se imponham e tenham seu espaço por competência, não por ser mulher, mas por serem qualificadas para estarem em ambientes que parecem fechados por serem culturalmente masculinos.”


Camila Telles é voluntária no De Olho no Material Escolar. Ela se lembra que em uma feira no Rio Grande do Sul fez palestra para 60 adolescentes. “Foi um desafio muito grande. Pregar para convertido é muito fácil, falar com o nosso público é agradável e motivador. Falar com um público que já nos recebe com resistência é complicado.”


Ela conta que quem assume esta postura precisa adequar a linguagem, saber como dizer e o que dizer e como falar e como se portar. “Nesse dia eu larguei o microfone praticamente subi na mesa e comecei a falar de rede social, foi aí que consegui atrair a atenção deles.” Ela reúne mais de 302 mil seguidores no Instagram que ela afirma ter conquistado de maneira orgânica. “Me sinto honrada por ter geração de olho em mim e podendo trazer cada vez mais fortes pra gente.”


Quem é Camila Telles

Formada em Relações Públicas, ela divulga que uniu sua facilidade em comunicar com sua vivência no campo e se tornou a Defensora do Agronegócio brasileiro. Com especialização em Marketing Estratégico, é CEO da FarmCom, agência de comunicação direcionada para o Agro, e sócia fundadora da Hortaria, que leva verduras e legumes frescos da fazenda da família direto para a casa de seus consumidores. Essa empresa é familiar, fundada por ela e pela mãe em 2016 e que hoje emprega toda a família e, em breve, vai virar franquia.


Ela é ativa nas redes sociais, palestrante, mediadora e mestre de cerimônias. Camila soma mais de 1 milhão de visualizações em seus vídeos combatendo inverdades sobre o agronegócio nas redes sociais, atingindo também o público que não tem convívio com o setor.


Sobre a Tecnoshow Comigo

Com a proposta de auxiliar o produtor rural, a COMIGO iniciou, em 2002, o trabalho de geração e difusão de tecnologias agropecuárias, em Rio Verde, numa área que hoje ultrapassa 170 hectares (área total do CTC). Neste local, a cooperativa promove experiências tecnológicas o ano todo, em parceria com diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas, e realiza a Tecnoshow. A diversidade é uma marca registrada do evento. São máquinas e equipamentos agropecuários, plots agrícolas, animais das mais variadas espécies, palestras técnicas e econômicas, ações socioambientais e dinâmicas de pecuária, entre outros produtos e serviços. Trata-se de uma extensa vitrine de tecnologias para o homem do campo, seja pequeno, médio ou grande produtor.


FICHA TÉCNICA

TECNOSHOW COMIGO 2023 – 20 anos

Data: 27 a 31 de março de 2023 (segunda a sexta-feira)

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Rodovia GO 174 S/N área rural de Rio Verde)

Horário: 8 às 18 horas

Entrada gratuita

Site: www.tecnoshowcomigo.com.br

Instagram: @tecnoshowcomigo

Twitter: @tecnoshowcomigo


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação da COMIGO

Weuller Freitas – (64) 3611-1522 / 99627-9897

Pedro Cabral – (64) 3611-1335 / 99264-3739

Samir Machado – (64) 3611-1647 / 99941-2288


Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO

Ana Manuela Arantes – (62) 98142-6323 – anamanuela@voltzcomunicacao.com.br

Fernando Dantas – (62) 99227-2631 – fernando@voltzcomunicacao.com.br

Renan Rigo – (62) 98522-6645 – renan@voltzcomunicacao.com.br



291 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page