Foto
22 mar

Mercado prevê crescimento de 100% na implantação de energia solar no Brasil

Agro se torna importante local para investimento, já que no campo os produtores têm uma ampla área de implantação, facilitando a instalação do sistema. Tema será debatido em palestra na feira

Os aspectos regulatórios e políticos vigentes sobre energia solar, a evolução e custos da geração distribuída no Brasil, as novas tecnologias aplicadas às placas fotovoltaicas e tendências de preços para os próximos 10 anos, além de linhas de crédito e benefícios para os produtores rurais. Esses temas serão discutidos na palestra ‘Energia Solar – Sustentabilidade para o Campo’, que será ministrada no dia 10 de abril, das 13h30 às 14h30, no auditório 2 do Centro Tecnológico Comigo (CTC), em Rio Verde (GO). O conteúdo será abordado pelo coordenador de projetos da DCCO, Paulo Henrique Campos, durante a Tecnoshow Comigo 2019.

Segundo Paulo, ao levar em consideração que o consumo de energia no Brasil vem crescendo ano a ano e que o governo não tem planos para construção de novas usinas hidrelétricas, eólicas ou solares e benfeitorias no sistema, a tendência é que o preço suba nos próximos anos. “Portanto, investir em energia solar tanto no agronegócio quanto para a indústria é uma ótima opção para quem não quer ficar a mercê dos aumentos de energia”, destaca.

Ele revela que a projeção de crescimento para implantação de energia solar é de 100%. Em 2018, a potência instalada no Brasil foi de 350mil MWp (medida de potência energética associada às células fotovoltaicas) e a projeção para 2019 é de 728mil MWp. “Hoje, o consumidor que possui energia fotovoltaica tem o benefício de que toda energia consumida é equivalente a energia entregue à concessionária, possui isenção de ICMS e IPI do ‘gerador fotovoltaico’ e o financiamento pode ser feito pelo FCO, com carência de três anos para iniciar a quitar o investimento, juros em torno de 6% ano e parcelamento em até 12 anos”, diz.

No campo
A energia solar é produzida por meio dos raios solares que chegam à placa fotovoltaica. Paulo explica que a movimentação das células fotovoltaicas produz uma diferença de potencial nas extremidades do material semicondutor e geram uma energia contínua que é convertida posteriormente em eletricidade. Entre as vantagens listadas por ele estão o fato de ser uma energia limpa, que não agride o meio ambiente, uma vez que é gerada pelos raios solares; energia livre de reajustes do governo e concessionária local; que no campo os produtores rurais têm uma ampla área de implantação, o que facilita a instalação do sistema; e os créditos podem ser consumidos em cinco anos. “Isso é benéfico ao produtor, uma vez que o consumo de energia oscila com a produção da safra”, reforça.

O especialista alerta que a liberação de crédito para o produtor rural e mercado em geral diminuiu muito, o que dificulta a instalação desses projetos e o desenvolvimento na área rural. “E o investimento varia de acordo com o tamanho do sistema solar a ser implantado e o tipo de instalação a ser feita, se solo ou telhado. O primeiro passo para saber o tamanho do projeto é o envio da conta de energia. Depois de aprovado o projeto na concessionária, há a implantação do sistema, liberação e troca do medidor do cliente pela concessionária e inicia-se a compensação. Esse processo dura de 30 a 90 dias”, informa.

Paulo orienta que antes de investir o consumidor deve analisar o payback do projeto de energia (retorno do investimento), se a empresa que irá instalar o projeto é de confiança e conhecida no mercado e o preço da proposta
 
Sobre a TECNOSHOW COMIGO
Há 18 anos nasceu o conceito da feira de tecnologia rural, que logo passou a ser um referencial em todo o Centro-Oeste. A cada edição, a feira, hoje denominada Tecnoshow Comigo, não só apresenta experiências tecnológicas realizadas por diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas que auxiliam o produtor rural, mas reúne expositores de grandes segmentos do setor agropecuário, em uma área montada em 60 hectares com completa infraestrutura. Mais informações em www.tecnoshowcomigo.com.br.

FICHA TÉCNICA
18ª TECNOSHOW COMIGO
Data: 08 a 12 de abril de 2019 (segunda a sexta-feira)
Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Horário: 8 às 18 horas
Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Exposição de Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais e Dinâmicas de Pecuária. 
Site: www.tecnoshowcomigo.com.br | Twitter e Instagram: @tecnoshowcomigo

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
Assessoria de Comunicação da COMIGO
Wêuller Freitas – (64) 3611-1522 / 99627-9897
Bruno Kamogawa – (64) 3611-1690 / 99282-2213
Samir Machado – (64) 3611-1647 / 99941-2288

Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO
jornalismo@voltzcomunicacao.com.br
Renan Rigo – (62) 98522-6645 – renan@voltzcomunicacao.com.br

Compartilhe:

Google +