Foto
20 mai

Livre da Aftosa: Goiás prepara retirada da vacinação em 2021

Proposta foi lançada pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) durante encontro dia 11 de maio passado, na Fazenda Mundango, em Alexânia (GO).

De acordo com as instituições, há 11 anos não há registro de ocorrência de febre aftosa no Brasil, e o país é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) como zona livre da doença com vacinação desde 2000.

Goiás se prepara, juntamente com as demais regiões brasileiras, para alcançar status que assegura a ausência da enfermidade sem vacinação. A medida, que vem sendo trabalhada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em conjunto com Estados e entidades ligadas à pecuária, prevê que a mudança ocorra em 2021.

Confirmada, a expectativa é que a nova condição viabilize a expansão do mercado para a carne produzida no Brasil, impactando também as negociações da produção goiana. No encontro também foram apresentadas as novidades na vacinação contra a febre aftosa em 2019. O evento contou com a presença do governador Ronaldo Caiado, deputados, empresários e representantes da sociedade.


(Com informações da Secretaria de Comunicação Prefeitura de Alexânia)


Compartilhe:

Google +