Foto
11 abr

Animais mortos em granjas e fazendas podem ser transformados em fertilizantes

Processos foram apresentados pela Embrapa, durante a TECNOSHOW COMIGO, como destinação a suínos e aves, combatendo problemas ambientais e sanitários   Problema recorrente em granjas e fazendas, a destinação de animais acometidos por mortes rotineiras ou mortes acidentais, como aquelas em decorrência de raios ou falta de energia elétrica – no caso de aves – tem sido alvo de pesquisas para evitar complicações ambientais e de segurança. A Embrapa, por exemplo, trabalha no desenvolvimento e estudo de riscos para a retirada de animais mortos das granjas com

VER NOTÍCIA
Foto
10 abr

Conectividade deve atrair jovens para o campo e melhorar tomada de decisão na propriedade

Segundo especialista, essa relação que mistura preservação, melhorias e otimização dos recursos naturais traz ganhos para o meio rural   Solo, água e luz são essenciais para o desenvolvimento da atividade agropecuária. O meio como esses recursos são utilizados no campo também é importante para garantir a biodiversidade no meio rural, além de permitir ampliar a produtividade das atividades agrícola e pecuária. Segundo o pesquisador da Embrapa Solos, Luís Carlos Hernani, a agricultura conservacionista trabalha exatamente essa relação, ou seja, saber

VER NOTÍCIA
Foto
10 abr

Agricultura conservacionista oferece benefícios, mas busca mais espaço no campo

Segundo especialista, essa relação que mistura preservação, melhorias e otimização dos recursos naturais traz ganhos para o meio rural   Solo, água e luz são essenciais para o desenvolvimento da atividade agropecuária. O meio como esses recursos são utilizados no campo também é importante para garantir a biodiversidade no meio rural, além de permitir ampliar a produtividade das atividades agrícola e pecuária. Segundo o pesquisador da Embrapa Solos, Luís Carlos Hernani, a agricultura conservacionista trabalha exatamente essa relação, ou seja, saber

VER NOTÍCIA
Foto
10 abr

Consultor defende que organização é a chave para sucesso de empresas rurais familiares

  Diz a sabedoria goiana que o combinado não sai caro. Foi exatamente com essa premissa que o consultor agropecuário Franco Cammarota brincou ao dar boas-vindas para pais, primos, filhos e irmãos que ocuparam o Auditório 2 do Centro Tecnológico COMIGO (CTC), em Rio Verde (GO), na manhã desta terça-feira (10). Franco ministrou palestra sobre governança na empresa familiar e disse que 90% dos grupos agropecuários hoje são formados por parentes. O grande desafio, na opinião do especialista, é conseguir administrar o negócio à várias mãos.  Na ocasião ele

VER NOTÍCIA