Foto
13 abr

Ritmo de transformações tem mudado dinâmica no campo

Especialista aponta, na TECNOSHOW COMIGO, que o produtor precisa ter resiliência e uma atitude mental positiva, além de buscar se informar para dar conta da velocidade da inovação no agronegócio   O ritmo de transformação do campo tem surpreendido muita gente pela velocidade com que tem ocorrido. Conforme aponta o administrador e autor de livros sobre gestão em pessoas, Eduardo Tevah, a humanidade está vivendo a era da velocidade mais rápida da história em mudanças. “O mundo sempre mudou, mas o que percebemos agora é a velocidade da mudança, que está em

VER NOTÍCIA
Foto
12 abr

Especialista faz boas projeções para safra 2018/2019

Agricultores precisam de estratégia de gestão e comercialização para terem boa competitividade   Em clima de otimismo, o engenheiro agrônomo Anderson Galvão, da Céleres, fez boas projeções para a safra 2018/2019, animando os produtores rurais que participaram da palestra Agricultura brasileira em 2018/2019: cenários e perspectivas realizada na tarde desta quinta-feira, 12, na TECNOSHOW COMIGO, em Rio Verde (GO). “Tivemos uma safra com alto índice de produtividade e clima favorável. Além disso, tivemos uma recuperação de preço que decorre de outros

VER NOTÍCIA
Foto
11 abr

Pouco explorada no Brasil, ovinocultura é tema de palestra

Zootecnista alerta sobre importância de conhecer histórico familiar dos carneiros antes da compra    Nem só de bovinocultura, suinocultura e avicultura, principais segmentos da pecuária goiana, está sendo feita a 17ª edição da TECNOSHOW COMIGO. Na tarde desta quarta-feira, 11, a discussão, que ocupou as Dinâmicas de Pecuária da maior feira de tecnologia rural do Centro-Oeste, foi a ovinocultura. O zootecnista Rafael Rodrigues Jorge falou sobre como escolher um bom reprodutor e aproveitou para chamar atenção para a exploração, ainda tímida, da criação

VER NOTÍCIA
Foto
11 abr

Animais mortos em granjas e fazendas podem ser

Processos foram apresentados pela Embrapa, durante a TECNOSHOW COMIGO, como destinação a suínos e aves, combatendo problemas ambientais e sanitários   Problema recorrente em granjas e fazendas, a destinação de animais acometidos por mortes rotineiras ou mortes acidentais, como aquelas em decorrência de raios ou falta de energia elétrica – no caso de aves – tem sido alvo de pesquisas para evitar complicações ambientais e de segurança. A Embrapa, por exemplo, trabalha no desenvolvimento e estudo de riscos para a retirada de animais mortos das granjas com

VER NOTÍCIA